17 Feb

Darrin C. Milling, trombone baixo solo, e Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro se unem em apresentação que será exibida nesta sexta (18), às 20h, no YouTube da Casa Thomas Jefferson

Nos Estados Unidos, fevereiro é o Mês da História Negra (Black History Month), uma comemoração anual também conhecida como Mês da História Afro-Americana (African-American History Month). Na ocasião, o governo norte-americano destaca o reconhecimento oficial da diáspora africana como uma forma de relembrar pessoas e acontecimentos importantes na história do país.

A Casa Thomas Jefferson, em parceria com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro (OSTNCS), promove nesta sexta-feira (18), às 20h, um concerto em homenagem ao Black History Month. Gravada no CTJ HALL/Casa Thomas Jefferson em dezembro de 2021, a apresentação tem como convidado especial o trombonista afro-americano Darrin Milling, que atua como o primeiro trombone da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).

A apresentação será exibida no canal do YouTube da Casa Thomas Jefferson, centro binacional sem fins lucrativos que tem o apoio da Embaixada dos Estados Unidos na realização de seus eventos culturais. Após o concerto, o solista Darrin Milling participará de um bate-papo com o público e convidados pela plataforma Zoom.

No repertório do espetáculo, serão apresentadas peças do brilhante compositor e organista afro-americano Trent Johnson. A peça intitulada Across Continents foi escrita por Johnson e dedicada especialmente a esta apresentação de Darrin Milling com a OSTNCS. Ian Deterring, violonista e compositor do Concerto nº 2 para trombone baixo e orquestra, também escreveu e dedicou sua peça, especialmente, para Milling e a OSTNCS. Patrick McCarthy, compositor canadense, escreveu a Sonata para Trombone baixo e orquestra de cordas, na década de 1960.

Apesar da sua brilhante carreira, Darrin C. Milling revela que esta foi a sua primeira experiência como convidado para ser solista à frente de uma orquestra sinfônica de padrão internacional, excluindo-se até mesmo a própria Osesp. Afirma que este convite e essa oportunidade o fizeram sentir-se resgatado do anonimato para ocupar um lugar de destaque que sempre lhe foi negligenciado. Destacou que a colaboração com o Maestro Claudio Cohen foi fácil e harmoniosa, oferecendo todas as soluções para os desafios musicais com eficiência e uma regência clara e musical levando-o à total segurança para a realização dessa performance.

Sobre o Black History Month
Desde 1976, todos os presidentes dos EUA estabelecem, oficialmente, o mês de fevereiro para comemorações e ações em reconhecimento à valiosa contribuição e importância dos afrodescendentes na construção dos EUA e da sua história.

Os esforços para resgatar essa importante memória tiveram início em 1915, meio século após a abolição da escravidão nos EUA, com a criação da Associação para os Estudos da Vida e História dos Negros, uma instituição dedicada à pesquisa e promoção dos grandes feitos e das conquistas dos afrodescendentes. Em fevereiro de 1926, houve a realização do evento nacional denominado Semana da História Negra (Negro History Week).

Esse evento inspirou instituições de ensino e comunidades em todo o país a organizarem celebrações locais, estabelecer clubes de história e promover palestras e apresentações culturais. Esses esforços foram mantidos pelos governos e governantes por décadas. Em 1960, ano marcado pelo movimento pelos direitos civis, foi estabelecido o Black History Month em campi universitários. Em 1976, o Presidente Gerald Ford oficialmente reconheceu o Black History Month conclamando a opinião pública a, durante o mês de fevereiro, honrar e enaltecer as conquistas negligenciadas dos Black Americans em todas as áreas, ao longo da história.

Em 2022, o tema do Black History Month explora o legado dos acadêmicos e praticantes da medicina, bem como parteiras, doulas, naturopatas, herboristas, etc. ao longo da Diáspora Africana, todas as atividades e todos os rituais que são, reconhecidamente, iniciativas e práticas de grande importância e que promovem e fazem o bem.

Sobre o músico
Darrin C. Milling nasceu em Baltimore, Maryland, em 1968, no Johns Hopkins Hospital, quando a segregação entre brancos e negros ainda existia. Iniciou os seus estudos de música aos 9 anos. Ingressou na Sinfonietta de Peabody Preparatory e no Louis Hamlin Baltimore Big Band aos 11 anos. Aos 12, ingressou no Baltimore School for the Arts e, aos 13, realizou sua primeira turnê internacional, em Taiwan, com a Baltimore Youth Symphony.

Aos 14 anos, foi laureado no Eastern Music Festival ( Carolina do Sul) e Summer Music Experience (Columbus, Ohio) como semifinalista na prova para vaga temporária de Baltimore Symphony e finalista (2º lugar) na competição solo da mesma. Foi o primeiro aluno convidado a integrar o Chesapeake Brass Quintet.

Aos 15 anos, Darrin foi aprovado para ingressar no Curtis Institute of Music, Filadélfia, considerado o melhor conservatório dos EUA e uma das instituições de ensino de música de maior prestígio no mundo. Então, a sua trajetória musical, artística e profissional se desenvolve revelando o grande talento e a imensa capacidade de superação das adversidades para conquistar um espaço tão negligenciado aos afrodescendentes nas orquestras e na música de câmara.

O talento e a versatilidade de Darrin Milling o levam a atuar como artista, músico, professor, consultor, conselheiro, administrador e rapper em inúmeras colaborações de sucesso e alcance social e artístico, promovendo o desenvolvimento humano por meio da cultura e da educação. Darrin C. Milling atua como solista do trombone baixo na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e forma o Duo das Américas com a pianista Deborah Fernandes Nilson, professora do CEP-EMB.

SERVIÇO
Evento: concerto em homenagem ao Black History Month – on live streaming
Darrin C. Milling, trombone baixo, e Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro
Data: 18 de fevereiro de 2022
Horário: 20 horas
Como assistir: no canal do YouTube da Casa Thomas Jefferson
Classificação indicativa: livre


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Bruna K Marques

TEL: 61.99648-0448

EIXOS COMUNICAÇÃO INTEGRADA

E-MAIL: contato@eixoscomunicacao.com

www.eixoscomunicacao.com.br 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.