Duo Caliandra apresenta canções de mulheres brilhantes


21 May
21May

Recital Compositoras Brasileiras será exibido no Sextas Musicais da Casa Thomas Jefferson, nesta sexta-feira (21), a partir das 20h, com transmissão pelo YouTube

Ao longo da história, incontáveis artistas foram relegadas ou até mesmo ignoradas pelo simples fato de serem mulheres. O Duo Caliandra, em um resgate histórico da representatividade feminina na música de câmara, apresenta nesta sexta-feira (21/5), às 20h, o recital Compositoras Brasileiras. O concerto, no Sextas Musicais da Casa Thomas Jefferson, será exibido pelo YouTube do centro binacional, que tem o apoio da Embaixada dos Estados Unidos na realização de seus eventos culturais.

Formado pela pianista Gisele Pires e pela soprano Janette Dornellas, o Duo Caliandra alcançou sucesso no V Seminário da Canção Brasileira da UFMG, em 2018, quando apresentou o concerto “Compositoras de canção de câmara no Acervo Hermelindo Castello Branco”.

Compositoras Brasileiras, que será apresentado nesta sexta, foi concebido após extensa pesquisa de Gisele Pires no acervo de seis mil partituras do pianista Hermelindo Castello Branco. A musicista catalogou 75 brasileiras que compuseram canções de Câmara. Essas artistas, na maioria dos casos, não publicaram suas obras simplesmente por serem mulheres.

Muitas dessas brilhantes compositoras criavam peças para piano. No recital desta sexta, serão apresentadas obras para piano solo. Tratam-se de verdadeiras joias que merecem ser conhecidas, divulgadas, respeitadas e apreciadas.

Sobre as Sextas Musicais
As Sextas Musicais são um tradicional evento de Brasília. Desde 1987, a Casa Thomas Jefferson, entidade sem fins lucrativos, realiza esses concertos gratuitos e com indicação indicativa livre, mantendo-se fiel à missão de conectar e transformar vidas através de gerações por meio de experiências singulares.

Desde o ano passado, com a pandemia do novo coronavírus, a Casa Thomas Jefferson adaptou as apresentações para o formato on live streaming. Com produção requintada, qualidade de captação e transmissão de som e imagem, as Sextas Musicais demonstram o compromisso e o respeito do centro binacional com os artistas profissionais da música que dedicam suas vidas ao estudo e à performance musical e ao público.

As musicistas
Gisele Pires, pianista, é doutora em Piano pela Florida State University (EUA). Ela cumpre intensa agenda de apresentações com renomados instrumentistas e cantores no Brasil, nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. Realiza estudos da inter-relação entre poesia e música, entre análise e performance musical. Lançou o álbum Luz e Névoa - Canções de Câmara de Alberto Nepomuceno com o tenor André Vidal. Integra o Grupo de Pesquisas APHECAB investigando compositoras brasileiras no acervo de Hermelindo Castello Branco. Gisele foi professora de Piano e Música de Câmara, além de pianista correpetidora do CEP – Escola de Música de Brasília. Em 2019, iniciou a sua pesquisa de pós-doutoramento sobre composições do século XXI para piano solo no CESEM da Universidade Nova de Lisboa, em Portugal. Em 2020, apresentou recitais de piano solo em turnê na Europa. Em 2016, conquistou o primeiro lugar no Concurso para Professora Efetiva de Piano e Estruturação Musical na Universidade de Brasília (UnB). Atualmente, ocupa essa posição e coordena o Laboratório de Pesquisas Pianísticas, sendo sua principal pesquisa o repertório para piano de compositoras brasileiras.

Janette Dornellas, soprano, faz parte da primeira geração de cantoras de Brasília. Talentosa e versátil, representa o potencial feminino na história da música da capital. Atua em diferentes segmentos do canto, da produção, da direção e como professora e mestra. Graduou-se em Canto lírico pela UnB, tornou-se mestre em Performance pela Universidade Federal de Goiás e doutora em Artes pela UnB. Janette cumpre intensa agenda de apresentações e colaborações como solista nos mais importantes palcos do Brasil. Interpretou os papéis de Carmen, Turandot, Nedda, Amneris, Tosca, entre outros. Atuou, também, como diretora cênica, na óperas Pagliacci, Gianni Schicchi, O Telefone, João e Maria (Ayrton Pisco), Cosi fan Tutte, O Elixir do Amor, Tosca e a cantata O Menino Maluquinho. Trabalhou como assistente de direção da ópera La Bohème em produção da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro. Traduziu e adaptou para o português as óperas O Telefone, Ahmal e Os Visitantes da Noite, Amelia al Ballo, O Barbeiro de Sevilha e La Cenerentola. Participou de musicais com a Academia de Ballet Norma Lilia, a Cia Alaya Dança e o musical Dolores de Amores com a Orquestra de Senhoritas. Fundou a Confraria da Ópera, o Fórum de Ópera do DF e a Casa da Cultura Brasília. Atualmente, é professora da Escola de Música de Brasília.

SERVIÇO
Sextas Musicais on live streaming
Duo Caliandra – Compositoras Brasileiras
Quando: 21 de maio, às 20h
Onde: CTJ HALL
Como assistir: no canal da Casa Thomas Jefferson no YouTube
Classificação indicativa: livre


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
TEL: 61.98454-2063 / 61.99648-0448
EIXOS COMUNICAÇÃO INTEGRADA

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.