24 Mar

A violinista brasileira Luciana Arraes e o pianista norte-americano Jonathan Moyer se unem em apresentação com obras de compositores dos dois países, às 20h, na Casa Thomas Jefferson da 706/906 Sul

Uma celebração da música dos Estados Unidos e do Brasil. Assim será a apresentação desta semana do projeto Sextas Musicais, que proporciona ao público encontros gratuitos com música de qualidade. Com peças de Aaron Copland, Amy Beach, Claudio Santoro e Marcos Cohen, entre outros, o recital de violino e piano, conduzido pelo Duo Arraes-Moyer, será apresentado nesta sexta-feira (25), às 20h, com público presencial no CTJ Hall, na Casa Thomas Jefferson da 706/906 Sul – verifique o protocolo covid-19 para comparecimento.

A transmissão ao vivo pelo YouTube do centro binacional, que tem o apoio da Embaixada dos EUA na realização de seus eventos culturais, será mantida em todos espetáculos. Dessa forma, esse patrimônio de belas apresentações musicais permanecerá disponível online.

Veja o repertório deste recital de violino e piano:

Sonata for Violin and Piano
Aaron Copland

Romance for Violin and Piano, Op. 23
Amy Beach

It Ain’t Necessarily So, from Porgy and Bess
George Gershwin, arr. Jascha Heifetz

Sonata N° 4 para Violino e Piano
Claudio Santoro

Âmago
Marcos Cohen

Duas Danças Brasileiras
Syrlane Moura de Albuquerque 

Sobre os músicos

Luciana Arraes, violinista brasileira, mantém uma carreira ativa como instrumentista, musicista de orquestra, pedagoga e professora, equilibrando o seu fascínio pelo violino em suas diversas expressões.

Iniciou seus estudos de violino no Conservatório Carlos Gomes, em Belém (PA). Graduou-se Bacharel em Violino pela Universidade de São Paulo. Nos EUA, tornou-se Doutora em Artes Musicais - Performance em Violino pela Hartt School of Music da University of Hartford (Connecticut-EUA) e Mestre em Violino pela University of Massachusetts-Amherst.

No Brasil, Luciana integrou a Orquestra de Câmara da Universidade de São Paulo, Orquestra Filarmônica de São Bernardo (SP), a Orquestra Experimental de Repertório (SP), a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (PA), musicista convidada na Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Em outros países, integrou a Youth Orchestra of the Americas (YOA), Connecticut Virtuosi (EUA), University of Massachusetts Symphony (EUA), Hartt Symphony (EUA), The World Orchestra (Espanha) e Orchestre de la Francophonie (Canadá).Participou de master classes com renomados e prestigiados mestres e intérpretes, como Julian Rachlin, Frank Huang (atual spalla da Filarmônica de Nova Iorque), Michael Tree, Borodin Quartet, Borromeo Quartet, Chiara Quartet, Emerson Quartet e Lions Gate Trio.

Desde 2010, atua como pedagoga e professora membro da Suzuki Association of the Americas, sendo certificada nos 10 livros de violino da Metodologia Suzuki. Nos EUA, fez treinamentos com os teacher trainers Teri Einfeldt, Christie Felsing, Pat D’Ecole, Ann Montzka-Smelser e Mark Mutter; foi professora de Violino e Viola Suzuki e de música de câmara no prestigiado Hartt Suzuki Program na University of Hartford, em Connecticut, na Kent School, também em Connecticut e, ainda, foi “teaching artist” no programa El Sistema “CityMusic”, ligado à Hartford Symphony.

Luciana foi a fundadora do Cururu, projeto social musical em Belém do Pará que atendeu, por 10 anos, mais de 100 crianças, focando no ensino de música e na transformação social por meio do canto coral, flauta doces, instrumentos de sopro e cordas. Ainda na área de transformação social por meio da música, Luciana é graduada e tem um “Executive Certificate” do “The Global Leaders Program”, um programa da Orquestra Jovem das Américas para empreendedores sociais.

Desde 2020 participa como professora do curso de Pedagogia das Cordas do Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos) e também como professora do EAD de pedagogia das cordas e do projeto Espiral, projeto em parceria com a Funarte e a UFRJ.

Luciana mantém um duo com o pianista norte-americano Jonathan Moyer com o qual se apresenta no Brasil e nos EUA, com um repertório que dá ênfase à música brasileira, norte-americana e, também, à música de mulheres compositoras. Atualmente, Luciana é violinista da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro em Brasília, mantém um estúdio particular especializado no ensino do método Suzuki e se dedica também à música de câmara.

Jonathan Moyer, pianista norte-americano, iniciou seus estudos de piano e viola erudita no Conservatório de Música de Raleigh, na Carolina do Norte, EUA; graduou-se Bacharel (summa cum laude) e Mestre em Piano Performance pela Hartt School - Universidade de Hartford, EUA, onde estudou sob a tutela do grande pianista brasileiro Luiz de Moura Castro.

Moyer mantém uma carreira ativa com concertos solo e de música de câmara no Brasil, nos EUA, na América do Sul e na Europa. Apresentou-se como solista junto a orquestras no Brasil e nos EUA e cumpre intensa agenda de apresentações em duo com a violinista Luciana Arraes.

Há mais de 25 anos, Jonathan Moyer se dedica à pedagogia do piano e é professor de piano capacitado pela Associação Suzuki das Américas, tendo feito sua capacitação com a aclamada pedagoga Caroline Fraser.

Nos EUA, em Connecticut, foi professor em importantes instituições, tais como: Hartt School, The Hotchkiss School, Kent School, Farmington Valley Academy e Marvelwood School.Participou de importantes festivais internacionais de música na Rússia, Itália, França, Espanha, Portugal, Bélgica, República Checa e no Brasil. Atualmente, vive em Brasília e possui seu estúdio particular, Aquarela Estúdio Suzuki, integrando também o corpo de professores das escolas Lago Sul Studio Suzuki e Centro Suzuki de Brasília.

Sobre as Sextas Musicais

As Sextas Musicais são um tradicional evento de Brasília. Desde 1987, a Casa Thomas Jefferson, entidade sem fins lucrativos, realiza esses concertos gratuitos e com classificação indicativa livre, mantendo-se fiel à missão de conectar e transformar vidas através de gerações por meio de experiências singulares.

Desde 2020, com a pandemia do novo coronavírus, a Casa Thomas Jefferson adaptou as apresentações para o formato on live streaming. Com produção requintada, qualidade de captação e transmissão de som e imagem, as Sextas Musicais demonstram o compromisso e o respeito do centro binacional com os artistas profissionais da música que dedicam suas vidas ao estudo e à performance musical e ao público.

 Serviço

Sextas Musicais 2022 - on live streaming

Recital de Violino e Piano

Duo Arraes-Moyer

Local: CTJ HALL, na Casa Thomas Jefferson (706/906 Sul)

Data: Sexta-feira, 25 de março

Horário: 20 horas

Entrada: gratuita

Onde assistir: presencialmente no CTJ Hall ou online no YouTube da Casa Thomas Jefferson 


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Bruna K Marques

TEL: 61.99648-0448

EIXOS COMUNICAÇÃO INTEGRADA

E-MAIL: contato@eixoscomunicacao.com

www.eixoscomunicacao.com.br 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.